Faça aulas de Contrabaixo sem sair de casa! WhatsApp da Academia do Contrabaixo - (19) 9 9418-2779 (19) 9 9418-2779

Curso Escala-Acorde : “Modos Gregos e Tétrades”

curso de baixo
modos gregos e tétrades

O termo escala-acorde abrange um conceito musical em que usa-se determinada escala na existência de determinado acorde. Isso vai indicar quais notas você pode tocar , e vai ajudar na composição de linhas e melodias, obedecendo regras da harmonia popular convencional.

Para isso , usamos as cifras que atráves das tríades e tétrades sugerem um campo harmônico de determinada tonalidade.

Isso é muito útil, e faz com que a música tenha regras de conduta, que permitem um dialogo dentro e fora destas regras, isso se dá um nome de referência musical, que é umas das mais importantes vertentes da música.

Com este conhecimento, e vocabulário suas idéias musicais são muito mais facilmente entedidas e passadas adiante.

 

_________

No Curso escala-acorde a intenção é trazer estes conceitos para o contrabaixo, desenvolvendo o vocabulário musical através de cifras, acordes e escalas, criando um Campo Harmônico.

Neste campo estão presentes arpegios e escalas vindas de uma referência (escala maior ou menor). Com isso criam-se os Modos Gregos.

Cifra é um sistema de notação musical usado para indicar, por meio de símbolos gráficos ou letras, os acordes a serem executados por um instrumento musical (como uma guitarra, ou um violão por exemplo). As cifras são utilizadas principalmente na música popular, acima das letras ou partituras de uma composição musical, indicando o acorde que deve ser tocado em conjunto com a melodia principal, ou ainda para acompanhar o canto.

Este tipo de notação ou cifragem indica ao executante o acorde que ele deve construir, mas deixa a sua sensibilidade musical ser responsável pela maneira exata na qual ele executará os acordes. Isso ocorre pelo fato de cada acorde ser composto por duas ou mais notas tocadas ao mesmo tempo, sendo que essas notas podem se localizar em diferentes regiões de um instrumento, o que possibilita muitas opções distintas se formar um mesmo acorde.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Cifra_(m%C3%BAsica

O termo tétrade, na harmonia tonal, é referente ao conjunto de 4 notas fundamentais que estruturam e caracterizam um acorde musical. Se o acorde possui apenas 3 notas, diz-se que possui uma tríade. À harmonia musical baseada em tétrades dá-se o nome de tetrafonia, sendo também comum chamá-la harmonia tetrádica.
Introdução: Assim como os acordes de tríade definem através da sua estrutura a função potencial que poderão desempenhar no trecho musical, os tétrades reforçam esse conceito trazendo a inclusão de mais uma nota, a sétima, encurtando a ambiguidade. Um acorde só irá representar com exatidão a escala da qual faz parte quando for usado com todas as suas notas de tensão ou dentro da cadência harmônica, mas a tétrade é a forma estrutural mais completa.

https://pt.wikipedia.org/wiki/T%C3%A9trade

Campo harmônico é o conjunto de acordes formado a partir das notas de uma determinada escala. Esses acordes são extraídos de uma das quatro escalas estruturais: a maior, a menor, a menor harmônica e a menor melódica. Também pode ser chamado de estrutura tonal visto que o desenvolvimento da harmonia está inteiramente ligado ao aparecimento e desenvolvimento do conceito de tonalidade.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Campo_harm%C3%B4nico

Os modos Gregos

Nada mais são que uma série de sons melódicos pré-definida. Ao todo são 7, mais 7 variações destes.

Compreendendo

Partimos da escala padrão diatónica (a que se forma pelas notas sem acidentes) dó – ré – mi – fá – sol – lá – si, e sobre cada uma destas notas criamos uma nova escala diatónica. Quando fazemos isto, a relação dos tons é alterada, consequentemente todo o campo harmónico também muda, visto que, ao estabelecer uma nota como a inicial, estabelece-se a tónica da nova escala.

Para ser mais claro, na escala musical temos funções que classificamos como graus para cada uma das notas, de acordo com sua posição acerca da primeira. Portanto, (nota por nota) sendo os graus: tónica, super-tónica, mediante, sub-dominante, dominante, super-dominante e sensível (para, por exemplo: dó – ré – mi – fá – sol – lá e si), o que mudamos no sistema modal é esta função de cada uma, criando uma nova relação entre os graus e notas. Tudo isso deve-se unicamente por estabelecermos uma nova tônica mantendo os intervalos.

Como são

Da escala diatónica: dó, ré, mi, fá, sol, lá, si, extraímos a relação intervalar de tons (T) e semitons (st) seguinte: T – T – st – T – T – T – st. Sempre que existir esta relação intervalar, teremos o modo jónio ou escala maior (no caso, de dó).

Se firmarmos como tónica o ré, usando a mesma escala diatónica, teremos: ré, mi, fá, sol, lá, si, dó: T – st – T – T – T – st – T. Sempre que esta relação existir, teremos o modo dórico, e assim por diante.

Curso Escala Acorde (10 aulas)

https://youtu.be/TZlHv0VlA5U

1.Cifragem

Objetivo:

Entender a linguagem utilizada na leitura de cifras, acordes e arpegios.

2.Tétrades maiores

Objetivo:

Conhecer e aperfeiçoar o uso das tétrades maiores (3ªmaior)

3.Tétrades menores

Objetivo:

Conhecer e aperfeiçoar o uso das tétrades menores (3ªmenor)

4.Tétrades no ciclo

Objetivo:

Conhecer e aperfeiçoar o uso das tétrades no ciclo das quintas.

5.Campo Harmônico Maior(CHM)

Objetivo:

Conhecer e se aperfeiçoar no uso do CHM no contrabaixo.

6.Escalas maiores(modos gregos)

Objetivo:

Conhecer e aperfeiçoar o uso dos Modos Maiores (escalas maiores): Jônio/Lídio/Mixolídio

7.Escalas menores(modos gregos)

Objetivo:

Conhecer e aperfeiçoar o uso dos Modos Menores (escalas menores): Dórico/Frígio/Eólio/Lócrio

8.Campo Harmônico Menor(CHm)

Objetivo:

Conhecer e se aperfeiçoar no uso do CHm no contrabaixo.

9.Campo Harmônico Maior com escalas (MODOS GREGOS)

Objetivo:

Conhecer e aperfeiçoar o uso dos Modos Gregos no CHM.

10.Campo Harmônico Menor com escalas (MODOS GREGOS)

Objetivo:

Conhecer e aperfeiçoar o uso dos Modos Gregos no CHm.

Professor Bruno Buzzo

http://www.academiadocontrabaixo.com.br/

brunobuzzo@gmail.com

3 comentários sobre “Curso Escala-Acorde : “Modos Gregos e Tétrades””

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *