• Academia do Contrabaixo

O Corpo do Contrabaixo

Atualizado: Jun 1

Corpo do contrabaixo


O corpo do baixo (BODY) é a estrutura que conecta as partes do instrumento, e é

onde esta instalada a elétrica.

Ele não influencia muito no som, sua madeira não faz isso, porém o corpo conecta todas as partes do instrumento, sendo assim uma das coisas mais importantes.

Muitos músicos tocam em pé e sentado. Em pé, o corpo é responsável por prender a correia, que envolve o corpo do músico sustentando o corpo do baixo. Sentado, é por ele que se apoia na coxa, dando equilíbrio e sustentação para a execução sonora.




O corpo pode ser feito com diferentes madeiras e formatos.

(mais comuns ALDER/ASH)

É onde fica parafusado o braço (Bolt On), mas também existe os modelos inteiriços (onde a madeira do braço é a mesma do corpo) .

O inteiriço tem mais sustain, o parafusado mais brilho.

Os pinos são fixados para a colocação da correia que prende o baixo ao corpo.




Elétrica e Captadores


Pode ser passiva

ou ativa (com bateria 9v)

Normalmente 1 ou 2 captadores.

Podem possuir grande variedade, sendo passivos ou ativos.









Corpo do baixo


O corpo pode ter vários tamanhos e formatos, e com o tempo você percebe que quanto mais confortável, melhor. Porém isso vai se cada um. Se você toca sentado, existem modelos quase sem corpo, não são confortáveis para tocar sentado, pois você normalmente apoia o instrumento na perna.

Para tocar em pé são bem leves, e em pé não se usa muito a anatomia do corpo. Você pode estar pensado: Um instrumento sem corpo assim, tem menos som?

Dizem que o corpo não influencia muito no som do instrumento, nem no timbre. Mas ele é responsável por conectar todas as partes do contrabaixo sendo fundamental para o instrumento.

A gente se impressiona com a beleza das madeiras, essas madeiras mais desenhadas e impressionantes, como BUCKEYE PEARL, EYE POPLAR, e outras.

Elas são usadas no acabamento, é um filete bem fino colado normalmente em outro tipo de madeira para o fim estético, e não influencia no som.



Mayones com BUCKEYE PEARL no topo.



A elétrica do contrabaixo


A elétrica do instrumento faz a conexão entre os dedos (impulso mecânico) com o som (impulso elétrico).

Os captadores são conectados pela elétrica a uma saída P10.

E é onde você conecta o cabo. Existe o sistema passivo e o sistema ativo.


Eles interagem com os captadores, sendo no passivo um sistema mais simples e direto (VOLUME E TONE) e no ativo mais opções de regulagem (GRAVE, MÉDIO E AGUDO).

No baixo ativo tem uma caixinha em que ficam o sistema ativo , e também a bateria 9V de alimentação. Tem sistema com 2 baterias.


Captador do contrabaixo


O captador é importantíssimo para o som. A escolha define tanto o estilo quanto a qualidade do som. Captadores passivos tem mais som de madeira. Isso remete à característica Vintage (mais orgânica)

Captadores ativos tem som mais variado. Eles permitem um som mais grave, tanto pela regulagem e alcance de frequências, quanto para baixos de 5 ou 6 cordas. Isso remete à característica moderna, e as vezes mais pasteurizada (menos orgânica) .


Uso do captador

Transforma o sinal mecânico em elétrico.

São responsáveis pela captação do som.


Quantidades e Modelos :

  1. Single Coil

  2. Humbucker (double coil)

  3. Split Coil (precision)

Normalmente são 1 ou 2 caps.

  • Captador mais perto da ponte=mais agudo

  • Captador mais perto do braço= mais grave .

Ativos ou passivos os captadores podem fazer parte de um sitema de equalização ativo, assim dependem de bateria para a funcionalidade completa do dispositivo.


Split coil (precision)










Single Coil

Possui mais ruídos, normalmente usado nos passivos










Humbucker (double coil)

Possui menos ruído e mais clareza no som. Normalmente usado no baixo ativo









Ponte do instrumento

  • Prendem as cordas no corpo do instrumento.

  • Carrinhos Variados formatos, mesma função.

  • Afinação das oitavas e tensão (altura das cordas)

  • Regulagem: horizontal (afinação) vertical (tensão).


A primeira ponte de 1951 era um carrinho duplo (para 2 cordas) que logo teve alteração em 1957 no segundo modelo, para o tipo mais usado hoje 1 carrinho para cada corda.

Ajudam na regulagem: tensão e afinação.



ponte normal









ponte precision 1951









Evolução

As pontes são capazes de gerar mais sustain, como a BADASS, fazendo com que o som tenha mais qualidade.

Muitas delas tratam a corda de foram individual, com vários tipos de regulagem.

Headless: Muitos diferentes tipos de ponte surgiram ao longo dos anos. A

s primeiras são bem simples, e depois se tornaram mais robustas.

No instrumento sem headstock a ponte tem função primordial no instrumento, responsável também pela afinação com tarraxas adaptadas.


BAIXO PRIME | CLIQUE AQUI

https://www.baixoprime.com.br/p/curso

ᗩᑕᗩᗪEᗰIᗩ ᗪO ᑕOᑎTᖇᗩᗷᗩI᙭O

BRUNO BUZZO

WHATSAPP https://wa.me/5519992414459

INSTAGRAM https://www.instagram.com/academiadocontrabaixo/


Posts recentes

Ver tudo